English Chinese (Simplified) French German Italian Japanese Spanish
fone(11) 9 5411-0065 mapa-do-site
   
Texto

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Jung


CARL JUNG

A BASE DO TRABALHO DE JUNG É A DIRETRIZ DE QUALQUER TRABALHO ONDE O COMPORTAMENTO HUMANO É RELEVANTE.

Antes de se entender os tipos psicológicos criados por Jung é importante conhecer um pouco de sua trajetória nos campos do conhecimento do comportamento humano e suas relações interpessoais no cotidiano de sua vida. Carl Gustav Jung nasceu em Kesswil, uma comunidade na Suíça em 26 de julho de 1875 e faleceu em 6 de julho de 1961 em Küsnacht. Foi psiquiatra e fundador da psicologia analítica, também conhecida como psicologia junguiana. Ao longo de sua vida Jung experimentou sonhos periódicos e visões com notáveis características mitológicas e religiosas, os quais despertaram o interesse por mitos, sonhos e religião. Por muitos anos, Jung sentiu possuir duas personalidades separadas: um ego público, exterior, que era envolvido com o mundo familiar, e um eu interno, secreto, que tinha uma proximidade especial para com Deus. A interação entre esses egos foi o tema central da sua vida pessoal e contribuiu mais tarde para a sua ênfase no esforço do indivíduo para integração e inteireza. Ao longo da sua juventude interessou-se por filosofia e por literatura, especialmente pelas obras de Pitágoras, Empédocles, Heráclito, Platão, Kant e Goethe. Uma das suas maiores revelações seria a obra de Schopenhauer. Jung concordava com o irracionalismo que este autor concedia à natureza humana, embora discordasse delas.

Leia mais sobre Carl Jung no artigo "Holismo"

Site Login